quarta-feira, 10 de novembro de 2010

O sapo que não virou príncipe...

"Não vos prendais a um jugo desigual [...]" II Coríntios 6:14.

Havia perto de uma igreja um pequeno lago, lá vivia um sapo que gostava de observar a movimentação das pessoas.
Certa tarde, os jovens estavam fazendo algumas atividades e foram até o lago para molhar os pés. O sapo então ficou olhando pras moças e uma delas lhe chamou muito a atenção. Ela era tão delicada, meiga e gentil...desejou fazer parte daquele mundo, para poder namorar aquela jovem. Ele já estava cansado das sapas do seu lago, elas não tinham o brilho no olhar como àquela jovem.
Ele, obcecado em seu intento, começou a se aproximar com cautela da igreja, pois não queria assustar ou chamar a tenção, e nem ser pisoteado. Planejou bem e certo dia, com uma flor na boca se aproximou da jovem. Ela se assustou a princípio, mas com o passar do tempo começou a simpatizar com o sapo.
Eles então passaram a ser amigos e a jovem ficava cada dia mais tempo conversando com ele no lago. Acabou por diversas vezes se atrazando pro culto, mas estava tão envolvida com o "bom papo" do sapo galanteador que nem percebia o tempo passar.
Sua família, seus amigos da igreja e até o pastor a avisaram do perigo que corria em ficar tanto tempo de conversa com aquele sapo, mas ela não dava ouvidos, pois acreditava que ele era um príncipe encantado, e que se ela lhe desse amor, ele se transformaria.
O tempo foi passando e o sapo a fez acreditar seriamente que era um príncipe, mas que estava assim...na forma de uma sapo, mas que se ela casasse com ele, veria que ele seria transformado.
Pobre moça iludida, contra tudo e contra todos, sem buscar a orientação divina, mas deixando-se enganar pela conversa sedutora do sapo, casou-se e entregou-se a ele.
Para sua triste comprovação, ele nunca se transformou num príncipe e passava mais tempo nos brejos da redondeza do que em casa.

Queridas e queridos, hoje me inspirei e escrevi essa alegoria, pra falar de uma triste realidade que acontece e muito entre os jovens que estão solteiros. Na ânsia de casar, de amar e ser amado, muitos enganam-se facilmente com os "sapos e sapas" da vida. Pensam que poderão transformar essas pessoas depois de casados, que eles se tornarão príncipes ou princesas. Que triste pensamento, pois só quem pode transformar é o Senhor e isso quando a pessoa almeja, pois o nosso Deus nos deu o livre arbitreo.

Pra que correr o risco se você é solteira(o) e sabe dessas coisas?

Espera pelo teu, pela tua escolhido(a) no Senhor. Busque a Deus e consagre-se, pois Ele tem o melhor preparado pra você. Mas lembre-se que você também é a(o) escolhida(o) de alguém, talvez a demora em Deus te apresentar a pessoa é porque você ainda não está pronto pra receber o presente. Então, prepare-se!

"Do homem são as preparações do coração, mas do Senhor a resposta da boca." Provérbios 16:1.

Abraços e fiquem na paz!

18 comentários:

Roberta Lima disse...

Que lindo Cida...

Creio que essa é uma das grandes ilusões que corremos o risco de cair...achar que iremos transformar alguém, é tão difícil mudarmos a nós mesmos, imagine o outro (ainda mais qdo esse outro não quer mudar).

Parabéns pelo post...

Teve uma moça que perguntou sobre jugo desigual lá no blog (estamos para preparar algo), podias colocar o link desse post lá (é um de perguntas e respostas sobre música).

Bjs querida!

Bom te ter lá no Meninas =)

Mamãe do Danielzinho disse...

Ótimo texto Cida, ótimo mesmo!
São muitas as pessoas que sofrem na área sentimental justamente por não conseguirem esperar em Deus. Eu encontrei alguns sapos pelo caminho mas mandava de volta p/ o brejo assim que ouvia o "ainda não" de Deus...rsrs
bjs amiga

T.S.S. disse...

Oi, Cida, gostei muito dessa alegoria.
Obrigada pelos comentários !

Chris Amag disse...

Olá, Cida!

Gostei muito da sua "alegoria" mostrando a sua preocupação com os jovens ou quem procura alguém para um relacionamento.

Sei de vários casos, amigas minhas que assumiram um compromisso, até um casamento, com a esperança de que o seu companheiro compartilhasse da mesma fé com o tempo, mas o que acontece na verdade é que depois que estão juntos, ele continua, como você disse, "sendo um sapo"...

Que Deus a use para ajudar esses jovens nas suas escolhas, aconselhando-os.

Um grande abraço.

Chris

Wendel Bernardes disse...

Menina, que ótimo texto, hein!
A meditação, o sapo que não vira nada, pois é sapo meeeeeeeeeeesssssssssssmo! (srssrrsrsrs) Muito bom!

Sabe Cida, conheço muito bem essa história.
Os personagens principais chamavam-se Joana (a bela jovem que molhava sua canelinha no lago do interior) e o Sapo Washington (um galanteador que nunca virou príncipe, mas sabia coaxar que só ele!)

Esses dois são meus avós paternos!
Ela bem novinha, cristã, fascinada por aquele bom partido da lagoa. Ele fascinado por aquela irmãzinha bobinha e novinha.

Resultado?
Casamento com 14 anos de idade (ele com 30), seis filhos, mais de 30 anos de infidelidade no interior de Minas Gerais e aqui no Rio de Janeiro também!

Nunca mais foi a Igreja a pobre moça, mas virou quase uma escrava (como ela mesma se definia) e só veio a libertar-se no dia em que ele decidiu coaxar noutro brejo!
Quando voltou pra Jesus chorando e pedindo perdão...

Essa realidade é a de muitas meninas (e meninos) que se enfeitiçam pelos cantos dos sapos plebeus e que nada têm a oferecer!

Que Deus te abençoe, querida!

Mel disse...

Cida parabéns pelo alerta aos solteiros!! isso acontece muito, e nos ultimos dias tem acontecido mais! o que o inimigo não faz para enganar, não é???!!!!
Vc é uma benção...amo seus posts pq nos fazem refletir!!

bejus

Cássia disse...

Querida Cida...
Suas postagens como sempre não deixa a desejar em nada...
Como te admiro amiga linda.

Seu texto me fez lembrar-me de uma classe da E.B.D que cuidei por 3 anos uma classe de 15 a 17 anos... Minha querida, eu não fazia idéia como era o universo de um adolescente, até conhecer de pertinho as meninas que eu instruía...

Sabe, o cuidar delas, gerou um amor no meu coração e uma preocupação pela vida espiritual de cada uma delas... Ah amiga, como é complexo o mundinho desses jovens ... O mundo com suas ofertas o tempo todo oferecendo através da mídia entre outras... É preciso motivar os nossos jovens a lerem a bíblia... Cuidar de cada jardim com suas diversas flores.

Eu as tratava como rosas de um jardim... Regava no encontro de cada domingo com todo o meu amor...
Cada uma com sua essência, sua historia e sonhos diferentes uma das outras. É preciso ser sensível ao extremo para conhecer o UNIVERSO de cada uma.
Foi uma experiência ÚNICA, um presente de DEUS. HOJE sou muito amada por cada uma delas. Esse foi o meu maior troféu. O amor delas por mim.


O que os nossos jovens precisam querida, é de muito amor... Só impondo condições e deveres,
Não é suficiente... As vezes esquecemo-nos de dar a razão exata o do pq das coisas.
O pq de esperar. É preciso ser transparente o máximo possível.
E principalmente instruir-los no que é o mais importante pra DEUS e não pra nós.
Esse foi um caminho de sucesso que encontrei na jornada que DEUS me confiou.

Obrigada por seu post... Eles só me trazem recordações maravilhosas.
Bjs no ♥

Cássia disse...

CIDA amor...
Obrigada por seus elogios sobre minha arte... Rs
Quanto à música Aleluia.... KKkkkkk
Vc é uma graça...

Ah desculpa por meu jornalzinho acima... rs

Lidiane Borges disse...

Olá Cida, muito legal seu POst. Sabe eu conheço algumas moças que estão indo por este caminho. Como é dificil fazê-las parar e pensar. Elas ficam tão cegas neste momento. Só nos resta orar.

Grande abraço Cida

Lia Martins disse...

Puxa!!! isso é uma realidade muito viva em nosso meio, infelizmente...
temos q estar vigilantes mesmo...
saudades querida!!
beijos!

Suely Rezende - HD disse...

Cida!!

Tem um tema que eu amo escrever (talvez vc tenha percebido) tenho 10 artigos sobre o assunto que é ESPERE EM DEUS.
Quando o site da Lagoinha publica, sempre recebo muitos emails, e neles vem historias e testemunhos de pessoas q não souberam esperar em Deus e erraram.
Sabemos que o Senhor apaga todo pecado confesso, todo pecado que venha com arrependimento. Mas temos a opção de esperar pelo melhor do Senhor e não optar pelo "sapo".

Que história hein?
Vou passa-la p/ algumas pessoas..

beijos
suely

Nair Morbeck Sobrinha disse...

Oi irmã querida, passando por aqui e sendo muito abençoada por esse texto..Identificação total.
Aprendi que mesmo que a espera seja dolorosa não há nada melhor que se preencher e se satisfazer de Cristo, só Ele pode nos amar de forma inigualável e só Ele pode nos satisfazer plenamente..Penso que ainda não estou mesmo preparada para receber esse presente..Rs!

Shalom

Juliana Hellen disse...

A paz amada! Muito bom esse seu post, é a pura verdade! Todos nós queremos ter a pessoa certa ao nosso lado, mas sabemos que tem que ser na hora certa de Deus! Muito edificante! Deus te abençoe! Beijos carinhosos!

As riqυєʑαs iทsσท∂ávєis ∂є Crisτσ disse...

Que fantástico,Cida!

É isso que acontece com aqueles que desviam o olhar da beleza do nosso amado,Senhor.
Se perdem e caem.
Acabam tristes e com a dura realidade de colher os pesos das consequências de más escolhas.
Temos tudo na igreja!Não é preciso ir até o "egito" para buscar nada.
Que o Senhor a vida dos nossos jovens e os faça ver que no mundo só há desilusão e sofrimento.

Deus a abençoe,Cida!
Que sua semana seja abençoada e que seu coração esteja sempre feliz,minha amada.

Camila Emrich disse...

Muito bom o texto. Eu já sou casada, mas passei e ainda passo por algumas lutas e olha que meu "sapo" era de dentro da igreja! Rsrs
Não fui criada na igreja e não tive muita orientação quanto a isso, mas é um assunto muito importante, converso sempre com minha filha Luísa , o quanto Vale a pena esperar.
Beijo!

Bell disse...

Parece que a gente tem a tendência a gostar do que não é recomendado, mas mesmo dentro da igreja tem lobo em pele de cordeiro. Temos que orar muito e pedir a ajuda de Deus.
Escolher um parceiro é o segundo ato mais importante depois que vc aceitou Jesus.

bjokas =)

Lucinalva disse...

Olá Cida
Como é importante esperar em Deus, muito bom o texto. Bjs querida.

Pr. Edilson Ramos disse...

Verdade Cida. Bom mesmo é esperar no Senhor. A benção do Senhor não acrescenta dores! Ótima mensagem!