sábado, 20 de novembro de 2010

Aparências...

"Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a altura da sua estatura, porque o tenho rejeitado, porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração." I Samuel 16:7

No conto "The Necklace" [O Colar]. Guy de Maupassant contou a história de uma jovem mulher chamada Mathilde, que estava desesperada para ser aceita na alta sociedade. Apesar de seu marido ser um trabalhador comum, eles foram convidados  para participar de um grande baile. Sentindo que deveria causar uma boa impressão, Mathilde emprestou um lindo colar de uma amiga rica. Ela foi aceita pela nobreza no baile, mas aquela noite estava longe se ser bem-sucedida, pois Mathilde perdeu o colar emprestado!
Ela ficou muito envergonhada e, em vez de contar a verdade a amiga, ela convenceu o marido a pedir emprestado quarenta mil francos (aproximadamente setenta mil reais) para repor o colar perdido.
Nos dez anos seguintes Mathilde e o marido trabalharam em 2 empregos para poderem pagar a dívida. Venderam tudo o que tinham e moravam num cortiço.
Certo dia Mathilde foi visitar a amiga que havia lhe emprestado o colar, ela estava tão envelhecida de tanto trabalhar que a amiga mal a reconheceu. Mathilde confessou o que tinha acontecido naquele dia do baile e então descobriu que o colar não era feito de diamantes verdadeiros, eram falsos! Valia menos de quinhentos francos [aproximadamente oitocentos reais]!
Mathilde e o marido tinham trabalhado arduamente e sofreram tantos anos apenas porque ela quis manter as aparências.
Extraí esse conto do Aux. dos Profs de Adolescentes.

Muitas pessoas vivem muito tempo querendo manter as aparências, seja no casamento, na vida familiar, no trabalho, na escola, na vida social e infelizmente na igreja.
Quanto mais vivem uma vida irreal, menos aprendem, menos crescem emocionalmente e espiritualmente.

Certa vez um membro de igreja disse: "Fui cristão por vinte anos, mas em vez de ser um cristão de vinte anos de idade, fui um cristão de um ano de idade por vinte anos! Teimei em repetir as mesmas coisas vez após outra."

Quantos de nós hoje estamos vivendo uma vida plena em Cristo?
Não de aparências, mas de verdade, de obediência e submissão a Sua vontade? Quantos temos O adorado na beleza da Sua santidade, de todo o coração?

Ou quantos de nós temos ido nos cultos e orado, cantado, demonstrado uma aparência consagrada, mas lá no interior estarmos murchos, vazios, e estarmos quem sabe no pecado?

Hoje é dia de romper com falsas aparências. O Senhor conhece o mais íntimo do nosso ser. Ele quer nos perdoar e ajudar, para que tenhamos vitória em todas as áreas da nossa vida, sendo quem realmente somos!

Lembremo-nos de Davi, ele não quis usar a armadura do rei Saul para lutar contra Golias, antes foi autêntico e confiou no Senhor. Ele não se importou quando o exército inimigo riu dele por ser pequeno, não deixou enfraquecer-se nem mesmo pelas críticas dos seus irmãos mais velhos, mas permaneceu firme, falou com o rei, lutou e venceu o gigante, para honra e glória do Senhor!

Queridos, que possamos viver uma vida autêntica diante do Pai. Que não deixemos nos influenciar pelas coisas externas, desse mundo, mas que a nossa identidade em Cristo seja algo verdadeiro, autêntico e sem falsas aparências.

Abraços e que o Senhor nos abençoe e nos ajude!

19 comentários:

Gisele Vargas disse...

Oi Cida,
Que tremenda reflexão!precisamos examinar a nós mesmos dia a dia e também pedir ao Espírito Santo:"Sonda me e conheces o meu coração,prova meus pensamentos..."pois pra Ele nada fica oculto,nem o que podemos querer aparentar...
Beijos

Fatinha Estrela disse...

Cida mais uma vez agradeço a Deus por ter encontrado seu blog e principalmente por Ele ter colocado no mundo uma pessoa especial q com Dom de Deus pode postar mensagens de esperança, aprendizado e salvação. Eu hj precisava ler essa mensagem , tenho certeza q tocou meu coração e me fez crescer um pouquinho mais na fé. Obrigada . Que Deus continue te abençoando muito e a todos q vc ama. Bjssss

Clécia Ferreira disse...

Antes de tudo, quero parabeniza-la, pois, te admiro, vc é uma mulher "virtuosa", casada, com filho e ainda tem tmp de nos da atenção integral e postar quase que diariamente, parabens! E peço perdão por nao ter tido tmp de passar por aqui todos os dias... Mas, sei que qdo passo sou abençoada duplamente... Hoje a ministração da palavra foi muito falado sobre "samuel", exatamente como no seu post... e tenho certeza que com o tmp vc voltará a tomar nota de todas as ministrações e tbm compartilhar com a gente... rss... bjo grande bom domingo!

Missionária Bella Dourado disse...

Adorei seu blog! Venho lendo quase que diariamente quando sobra um tempinho. Hoje é domingo o tempinho aumentou, rs,rs.

Seu texto sobre autenticidade é muito bom! poderia escrever bonito mas de belezas a rede esta cheia.

Gosto da maneira que escreve - parabéns pela foto da familia. Que o Senhor continue a te fortalecer para que mesmo nos desertos possa estar na companhia dele.

Um grande abraço e felicidades; com carinho
Missionária Bella Dourado- " Não vale muita coisa mas apartir de agora se o blog permitir serei sua nova seguidora, rs,rs,rs"

Wendel Bernardes disse...

Oi Cida,
sua postagem foi linda.
Além do exemplo de Davi e a armadura de Saul, me chamou muito a antenção o relato do irmão com 20 anos de caminhada com 1 ano de maturidade...

Essa foi mesmo a minha vida durante tanto tempo, nem sei precisar direito!

Ótima reflexão!

Paz!

Tarciana Soares disse...

Cida minha querida, você realmente é especial! Consegue escrever coisas que falam profundamente aos nossos corações.

Gostei muito dessa postagem e tenha certeza que contribuiu muito para minha aprendizagem.

Que o Senhor Jesus nos abençoe!
Que possamos a cada dia viver a vida que Ele tem para nós.

Beijos!!!

T.S.S. disse...

Concordo, Cida.
Infelizmente, até na igreja, mantemos uma aparência de felizes e confiantes, quando na verdade estamos tristes e cansados,porque em meios aos nossos póprios irmãos, me parece que, não temos o direito de expor algumas fragilidades ou alguma má fase mesmo,que vem sobre todos nós, ou somos considerados "em pecado ou não temos orado bastante".
Beijos, boa semana !

GIL disse...

Sem problemas, assim tive a oportunidade d ler seu texto.....muito bom.....bjks...Gil

Marcella Amaral disse...

Lindas as suas palavras! Espero que possamos absorver cada vez mais tudo o que foi dito em sua reflexãp! Jesus te abençoe, bjus e bom início de semana!

Aninha, a mamãe do viajante disse...

Cida minha querida amiga, vim correndo agradecer o carinho de sempre.
Amanhã volto com mais calma para ler o excelente post (tenho certeza que é) e comentar melhor.
Meu Jorginho está acordado ainda e elétrico por aqui.
Beijocas minha amiga e obrigado por sempre lembrar de mim.
Beijocas :)

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

As vezes mim pergunto....QUEM SÃO OS VERDADEIROS CRISTÃOS? EM QUEM CONFIAR? OVELHA OU LOBO?
Pessoas que vivem de aparências, usam o rótulo de cristãos para esconderem os verdadeiros lobos devoradores que são.
DÁ MEDO!
Linda mensagem amiga.
Um grande abraço.

Tarciana Soares disse...

Oii amiiga, Obrigada!!
Saudade de você sabia?

Tenha uma boa noite também e uma semana linda pra combinar contigo ;)

Beijos, te amo!

Anna Carolina Menta disse...

Oi!!! vc me seguia no meu blog (meu baby menta),tive que mudar,agora é www.mamaedobebecebolinha.blogspot.com. Me segue lá! bjos

Débora disse...

Cida
Que belo post e mensagem que nos traz... vc tocou num assunto que tanto aflinge inúmeras pessoas na nossa sociedade... gente que gosta de viver de aparências.. mostrar aos outros o que não tem... seja isso bens materiais ou outros... acho isso muito triste! Quem vive assim acaba vivendo num mundo irreal e acjo que nunca consegue ser feliz de verdade... beijinhos e boa semana !

Débora disse...

Amiga
Tem presentinho para vc no Amar ser Mãe ! Bjinhos

Huandra Siqueira disse...

amei! que Deus continue te inspirando assim!

bjos!
http://huandra.blogspot.com/

Filipe Oliveira disse...

Cida,
Esse texto me fez lembrar de quando eu vivia assim, na aparência. Eu desde pequeno sempre fui à igreja, mas não levava as coisas de Deus tão a sério.. talvez por imaturidade. Olho pra trás e vejo tantos erros, chego a imaginar " como eu tinha a cara de pau de ir para igreja depois de ter feito isso? ". Mas o Senhor foi trabalhando em minha vida, posso contemplar as inúmeras mudanças, e isso me alegra!

Que Deus abençõe a sua vida!
Uma excelente semana.
Abraço

Suely Rezende - HD disse...

Cida!!!!

Boa noite amiga!!!

Que história hein? Nossa!! Que preço pago por falta de coragem, sinceridade e humildade.
Precisamos viver a verdade, mesmo que custe dor e muitas vezes humilhação.
Mas sabemos que temos um Deus que nos honra em todas as circunstâncias.

beijos
suely

Bell disse...

criar personagem não é fácil mas difícil ainda é mantê-lo.
Em um mundo de aparências feliz aquele que vive de verdades!!

bjokas =)