quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Deus me preparou e me consolou...

"Porque eu, o Senhor teu Deus, te  seguro pela tua mão direita, e te digo: Não temas, eu te ajudarei." Isaías 41:13

Estávamos felizes indo para serra passar o dia e a noite na casa dos meus sogros, mas na manhã seguinte seguiríamos pra Gramado no RS para passar o natal. Nossa filha já estava com quase 3 anos e estávamos tranquilos. Meu esposo ligou o rádio na estação da Novo Tempo e naquele momento a Sonete começou a cantar um belíssimo hino, eu ainda não o tinha ouvido. Ela falava que Deus cuida de nós, não importa o que houver, Ele sempre cuidou e continuará cuidando. Clique aqui e ouça se desejar, é lindo!. Naquele momento uma emoção muito forte tomou conta de mim e comecei a chorar. Um filme da minha vida passava na minha mente e eu sentia o cuidado de Deus sobre mim. Comecei a dizer pro meu esposo como Deus tinha sido bom comigo, passei por tantas coisas difíceis, mas Ele sempre esteve ao meu lado, cuidando e me protegendo. Meu esposo então falou: "Ele continuará te protegendo, cuidando de você, sempre!!!"
Me controlei pra não assustar a minha filhinha que já estava com os olhinhos cheios de lágrimas me vendo chorar.
Chegamos ao nosso destino ainda pela manhã e logo contei pro meu sogro o que havia acontecido no início da viagem, daquela emoção, da presença de Deus que senti no carro ao ouvir aquele hino. Ele então disse a mesma coisa que o meu esposo: "Deus está te dizendo que continuará cuidando de você."

Já estávamos nos preparando pra dormir, pois já eram 21:00hs e cedinho iríamos seguir viagem quando o meu celular tocou. Atendi e o meu sobrinho com voz trêmula e triste me disse: "Tia, o vô sofreu um acidente de carro e está muito mal no hospital".
Naquele momento dobrei os meus joelhos e clamei ao Senhor, que não permitisse que o meu pai morresse sem salvação.
Arrumamos rapidamente nossas coisas e começamos a fazer o caminho de volta. Quando estávamos já no carro o meu telefone tocou novamente e o meu sobrinho em prantos disse que o meu amado pai não tinha resistido e havia falecido. Meu mundo queria desabar, comecei a chorar e chorar quando de repente senti o Senhor a me consolar. Veio a minha mente muitas coisas.

Um mês antes do meu pai falecer eu estava limpando a casa quando o Espírito Santo me levou a clamar por ele. Eu orava todos os dias pela sua vida, que se entregasse verdadeiramente a Jesus, porém naquele dia foi diferente. Eu pedi com toda a minha força e fé que ele não morresse sem salvação. Ele não estava doente, mas me passou naquele momento a possibilidade dele vir a sofrer um acidente, pois já estava com 76 anos e sempre estava viajando.

Na semana que ele faleceu eu estive na casa dele e conversamos muito. Ele estava arrumando a casa, fazendo umas bem-feitorias, pois pretendia casar-se novamente. A nossa despedida foi muito intensa, pois senti um grande aperto no coração e disse que o amava muito e o que eu mais queria era a sua felicidade. Ele balançou a cabeça, consentindo com o que eu dizia e me deu o seu último sorriso, mas parecia triste.

Um dia antes do acidente eu liguei pra ele e ficamos muito tempo no telefone. Ele disse que eu estava gastando muito na ligação, pois morávamos em cidades diferentes, então eu falei que não fazia mal, queria conversar com ele. Contei o que tinha comprado com o dinheiro que ele tinha dado pra minha pequena de presente, conversamos inúmeras coisas e nos despedimos com muito amor. Falei: "Pai, eu te amo muito, muito." Ele respondeu: "Eu também filha, eu também te amo."

Essas foram as últimas palavras que ouvi da boca do meu pai. Eu também. Eu também te amo.

Queridos, que triste foi o dia do seu enterro...o último dia que contemplei e beijei a sua face, que toquei em seu corpo, mesmo que sem vida.

Vou continuar contando no próximo post como tudo isso mudou a  nossa vida, principalmente a dos meus sobrinhos. Espero que voltem para acompanhar.

Abraços e fiquem na paz do Senhor.

26 comentários:

Míryam Lobo disse...

Paz querida!

Eu imagino como foi difícil este dia para vc. É realmente mt triste perder alguém que a gente ama... eu não vivo com o meu pai, nunca vivi, mas sei que mesmo assim, o dia que ele for dormir o sono da morte, eu vou sentir muito.

Espero que não demore mt p continuar a história, estou louca p saber o que Jesus mudou na vida de vcs...

Paz pro seu coração de amor!!

Huandra Siqueira disse...

Que lindo! Que Deus continue a te iluninar!

bjos,
http://huandra.blogspot.com/

Roberta Lima disse...

Emocionada ao ler...

Aguardo o próximo post Cida...

Sim... Deus cuida sempre, pq quem ama cuida e Ele nos ama muito, com um amor puro e inigualável!

Bjs querida

PS! Espero que o devocionário já tenha chegado na tua casa!

Huandra Siqueira disse...

Lindo, como disse, mas ao mesmo tempo triste. Não deve ser fácil perder um pai. Eu, por exemplo, amo o meu e não sei como seria viver sem ele. Mas Deus te preparou e sabe de todas as coisas e não cai uma folha da árvore sem que Ele permita. Enquanto vc orava por seu pai nos últimos meses o SR. transformava o coração dele e a semente foi plantada ali, com certeza. A palavra do Sr não volta vazia: "crê no senhor Jesus e será salvo TU E A TUA CASA">

Força, minha irmã!
http://huandra.blogspot.com/

disse...

Estou esperando!

Menina dos olhos de Deus disse...

Olá Querida, muito emocionante sua história, e creia que nada foi em vão!
Tudo que você sentiu, tudo que você falou para seu Pai, quem sabe nos últimos minutos de vida ele aceitou a Jesus, Ele sabia que você o ama e queria o melhor para ele e tenho certeza que o Espírito Santo também tocou ao coração dele!
Bjs Cida ..
Fica na Paz!
'Deus continuará cuidando de você.'

Pra.Thaís Itaborahy disse...

ontem conevrsando com uma irmã da minha igreja que sofreu muito com a morte so seu irmão, ela disse a mesma coisa,

Thaís, na hora que meu irmã estava morrendo, eu senti uma grande paz no coração e na alma, mal eu sabia que estavam matando ele no Brazil.

Eu lhe disse que era Deus e sua maravilhosa presença o envolvendo e dizendo que estava no controle de tudo.

Com Deus é lindo. Bjim amiga e tenho certeza que essas experiencia vem para mudar a nossa vida.

Bjim no coração.

Pastora Thaís Itaborahy
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Clécia Ferreira disse...

Nosso Deus conforta, consola, alenta, abraça e continua a cuidar de você...
Pode ter a certeza...
Emocionante sua postagem...
Ainda tenho meu pai comigo, não consigo pensar na possibilidade contrária...
Que Deus te abençoe e cuide cada dia de vc querida!
Fica com Deus... música linda... tô ouvindo...
e manda a continuação...
rs...

Suely - HD disse...

Olá querida Amiga!!

Sempre ao mencionar seus pais, coisas lindas e fortes são expressadas.

Estamos aprendendo com tudo que compartilha da sua família, família de Deus.

beijos
suely

T.S.S. disse...

Oi, Cida,
Você me fez lembrar de algo, e até esse seu post seja uma resposta do Senhor para mim.
Havia uma professora na escola muito querida por todos. Um dia ela começou a se queixar de uma dor no braço, e essa dor continuava por semanas. Eu lembro bem, um dia quando estávamos na sala dos professores, somente ela e eu esperado o horário da próxima aula. Ela segurava o braço, expressando um leve desconforto. De repende ele me olhou. Aquele olhar que teve a duração de segundos, me pareceu uma eternidade. Eu não compreendi bem no momento.Achavamos que ela estava com Ler,esforço repetitivo por escrever muito. Foi a última vez que a vi. Depois desse dia, soubemos que ela teve que se internar às pressas. Estava com um tipo de câncer incomum e em estágio avançado. Me reuni com uns amigos cristãos, falei deles sobre a doença dela e como ela era uma pessoa querida e precisava de Jesus porque ela buscava muito coisas espirituais, tanto que era envolvida com espiritismo. Eu não imaginei que isso fosse envolver tanto meus amigos, mas de repente eu vi todos em um clamor genuíno pela vida dela, ao ponto de muitos chorarem. Eu só pedia que ela voltasse do coma e tivesse a chance de receber Jesus como Salvador,mas o clamor foi tão especial que imaginei logo ela saindo do hospital, curada até.
Em alguns dias soube da morte dela.Para mim foi difícil, porque realmente cri que Deus ia fazer algo e quando lembro do olhar dela na sala daquela vez, agora entendo que era como se ela tivesse me pedindo uma palavra, tivesse visto algo em mim , naqueles segundos, que eu deveria ter dividido com ela, e por falta de sensibilidade não percebi.Me culpei um pouco por não ter falado de Jesus pra ela naquele momento.E perguntei a Deus inúmeras vezes se nossa oração foi eficaz para dar uma chance a ela, mesmo em coma, de aceitar Jesus, de alguma forma. Sabe, muitas vezes eu creio que sim. A oração do justo é eficaz. Nosso espírito não depende do nosso corpo. Então eu imagino que, durante o coma dela, Deus tenha dado a possibilidade de salvação a ela, falando ao seu espírito.
Quanto ao seu pai, a Bíblia diz que "eu e minha casa serviremos ao Senhor". É uma promessa. Raabe sozinha salvou toda sua família. A salvação é individual, eu sei, mas Deus , eu creio, ouviu todas as suas orações pelo seu pai.E deve ter agido com ele de alguma forma que você só vai saber quando encontrar com ele no céu, assim como espero encontrar com aquela professora. Beijos. Fique na paz !

Tifany Fonseca disse...

OI linda...Deus vai ajudar...já perdi o meu e sei como é....bjs

Débora disse...

Amiga
Muito emocionante o seu post... Deve ter sido um momento muito difícil para vc... E olha que triste coincidência... Ontem soubemos que a esposa do meu cunhado tb ficou sem pai. Ele também morreu num acidente... mas de trator. Ficamos muito tristes pois ele era um homem muito alegre e divertido... Nenhuma morte é fácil, mas essas assim repentinas são as piores, pois o choque é muito grande ! É impressionante como seu texto veio falar ao meu coração... Graças a Deus, ainda tenho meus 2 pais vivos... Que o Senhor possa levar o conforto a quem sofreu e sofre com essas perdas... aguardamos o próximo post... um abraço

Celina disse...

Recordações tristes, mas que recordam: "Ao passares pelas águas, serei contigo."
Tenha um ótimo dia, Cida.
Beijos.

Celina

CARLOS HERRERA disse...

DEUS ESTA CONTIGO CIDA...
COMO CITOU A CELINA: Ao passares pelas águas, serei contigo...E MAIS: Porque eu, o Senhor teu Deus, te seguro pela tua mão direita, e te digo: Não temas, eu te ajudarei."
aBRAÇOS

Si disse...

Flor... Deus sempre esta conosco... e cuida do nosso coração... que o amor de Jesus derrame sobre sua vida.... bjss

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

È incrível o cuidado de Deus com seus filhos, amiga lendo a sua historia Sei que é uma dor que só você tem a dimensão, lembrei de dois texto e quero partilhar para você. Salmo 118: 7 O Senhor está comigo entre aqueles que me ajudam, amiga entre seus parentes e amigos o Senhor estava entre eles, glórias a Deus!! Isaias 43: 2 Quando passares por grandes dificuldades, ,estarei contigo, e, quando pelos problemas difíceis, eles não te submergirão ; quando passares por sofrimentos e perseguição, els não te prejudicarão. Um abraço eum bom dia

Cláudio Nunes Horácio disse...

Mana, primeiro queria te dizer que ele NÃO morreu sem salvação, pois a promessa do Senhor é: "Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu E A TUA CASA", apenas descanse e creia. A outra coisa é que o Consolo do Espírito de Cristo nos dá nestes momentos de perdas doídas é algo impressionante. Não tenho nem pai e nem mãe, os dois já morreram, mas especificamente na morte de minha mãe, ao receber a notícia eu gritava "ah não! meu Deus!" poucos segundos depois caí de joelhos gritando "meu Deus me ajuda!" INSTANTANEAMENTE, como um raio, uma paz ABSOLUTA me invadiu e jamais me deixou, até hoje. Isso fazem uns 5 anos. Então querida, oremos e descansemos na graça e no amor do nosso Abba.
Quero continuar lendo sim, será um prazer. Beijo no coração, Jesus te ama, bem como aos seus amados. Paz, graça e bem.

Gisele Vargas disse...

Oi Cida,sempre me emociono com teus testemunhos de vida,servem de edificação pra minha vida.Vou aguardar ansiosa o que aconteceu depois...O vídeo da Sonete é lindo, ela cantando junto aos nossos irmãos africanos ,eu acho,pessoas sofridas recebendo o consolo e a certeza que Deus cuida e sempre cuidará deles e de nós também!
Beijos amiga!

Lucinalva disse...

Cida
Deus é aquele que nos consola nos momentos difíceis, Ele sempre chega na hora certa. Bjs

Lilian Amorim disse...

Olá Cida, tudo bem?
Sempre visito seu blog, mas nunca comento. Cheguei aqui através do blog da Renata, mãe do Eduardo.
Seus texto são sempre muito edificantes e a forma com que escreve, faz com que sintamos o amor de Deus por nós. Aliás, vc transborda do amor Dele.
Bjs e volto aqui para acompanhar o final da história.

Sílvia Renata disse...

Oi Cida... lendo seu post, passou um filme pela minha mente, tbm perdi meu pai, e senti muito, mais ainda por eu estar numa 'fase' em que eu não dizia o quanto o amava... as brigas pelas nossas diferenças eram constantes...quando ele partiu eu senti meu mundo desabar, me revoltei, fiz muitas pessoas sofrer, principalmente minha mãe... passou, hoje sou diferente e faço questão de demonstrar a minha mãe o quanto a amo... pois sinto por nao ter feito isso com meu pai.
Um forte abraço

Mel disse...

Cida, sem palavras....me emocionei lendo seu post..mas Deus, mesmo sem vcs dois saberem permitiu uma despedida...e vc como uma pessoa carinhosa e sensível se despediu dele da melhor forma: dizendo que o ama!!
voltarei para saber o final

bejus

disse...

Que Deus console seu coração!! Li a sua postagem e imaginei as cenas... muito emocioada com tudo!! Que Deus esteja a frente da sua vida...

bjinhos

Wendel Bernardes disse...

Cida querida,
queria nesse momento te dizer palavras especiais, mas quando li o que o Cláudio escreveu fiquei certo que Deus já estava te curando da dor da perda de alguém tão amado.

Seu relato mesmo já aponta essa paz que o Cláudio citou tanto ouvindo a canção, como nas frases de seu marido e sogro... Deus te preparava para ser forte.

Lendo outro relato aqui, o da Gisele, devo concordar plenamente com ela. Seus testemunhos são de uma profundidade, comunhão e dignos de edificar cada cristão que caminha na Terra (sem exageros, creia). Como a Gisele, também sou tocado e edificado tanto pelo que escreves quanto pela sua vida!

Como disse a Rô,
também estou aguardando...

Fica na paz, querida!

Viu, mesmo me faltando palavras minhas, as palavras de nossos amigos (firmados na videira, claro) sempre nos são como pérolas da parte de Deus...

Aninha, a mamãe do viajante disse...

Nossa minha amiga, me emocionei muito e estou aqui me preparando para ler a outra postagem.

Sabe Cida, tivemos uma perda muito sofrida na nossa família há anos atrás.
Minha irma faleceu com 1 aninho e 6 meses, minha mae ficou devastada por anos e quase morreu também por isso.

Foi tao doloroso, tao forte, eu lembro até hoje dela no caixao lacrado, de mutio sofrimento, ela era muito amada, se chamava Rosana, o contrário de Ana Rosa.

Mas o tempo é um bálsamo, ele nao apaga a dor, isso nao, nunca! Mas nos ajuda a caminhar sem tantas lágrimas, sem tanto sofrimento com o passar dos anos.

Sinto muito pela sua perda, todas sao muito dolorosas, sempre.

Beijos minha amiga.

Suely - HD disse...

Olá minha amiga!!!!
Vc já atingiu 200 amigos seguidores. Que ótimo!!
beijos
Bom fds.
Suely