quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Aceite-se...

"Melhor é o que se estima em pouco e faz o seu trabalho do que o vanglorioso que tem falta de pão." Provérbios 12:9

Mostre-se como é. Seja você mesmo. Não aparência. É trágico andar pela vida mostrando ter ou saber muito, quando, deitado na cama, olhando para o teto, você sente a dor profunda de saber que é pobre e ignorante.
Viver uma vida de mentira não é viver. Seus pés pisam nas nuvens. Longe da realidade, você sofre a irrealidade de uma história que inventou. Alimenta-se em público, dos aplausos e da admiração que as pessoas oferecem ao personagem que você criou, mas que não existe. Quando se encontra só na recâmara de sua própria alma, de onde não pode fugir, olha-se no espelho da realidade e vê o quadro grotesco de uma história em quadrinhos, sem vida e, paradoxalmente, com muita dor, vazio e desespero.

Quando Jesus andava com Seus discípulos, viu de longe uma figueira verde e cheia de folhas. Aproximou-Se dela e não achou frutos. A história relata que Jesus amaldiçoou a figueira. No dia seguinte, ao passar pelo mesmo lugar, os discípulos viram que a árvore estava seca.
Muita gente se pergunta até hoje porque Jesus amaldiçoou a figueira. Porque não tinha frutos? Não. Ser estéril não seria um delito. Ser estéril e aparentar que tinha frutos é o que provocou o desagrado de Jesus. A hipocresia é repulsiva e nociva. Repulsiva porque as pessoas se afastam. Nociva, porque destrói a própria vida.

A "maldição" de quem pretende ser o que não é vem em forma de sequidão. Uma vida seca é cruel, angustiante e sem significado. Como o deserto. Terra sedenta, agonizante. Terra condenada.
Aceite seus defeitos e realidades. Reconheça suas carências. Aceite-se como você é.  Esse é o primeiro passo no processo de recuperação e cura porque: "Melhor é o que se estima em pouco e faz o seu trabalho do que o vanglorioso que tem falta de pão."

Autor desse texto: Pr. Alejandro Bullón

Queridos, quantos de nós estamos nessa situação?
Dentro das igrejas temos uma enorme quantidade de pessoas-figueiras que só vivem de aparências, mas que não frutificam.
Mas hoje mesmo, que venhamos a nos arrepender se estivermos nessa condição e nos voltemos com humildadade ao Senhor, para que Ele nos perdoe, nos abençoe e cure, para podermos frutificar nEle!

Abraços e que o Senhor nos ajude!

27 comentários:

disse...

Tremendo os texto do Pr. Alejandro Bullón
este aí foi de arrancar o sabiá do topo, muito bom mesmo. Sejamos nós mesmos, sem máscaras, transparentes e semelhantes a Jesus. Paz Cida!

Cláudio Nunes Horácio disse...

Excelente este post. A figueira primeiro dá frutos e só depois fica folhada. Então quando vemos uma figueira folhada, de longe já sabemos que está cheinha de frutos. Como a figueira que Jesus amaldiçoou tinha folhas, mas não tinha frutos e portanto sua folhagem era uma propaganda enganosa, Jesus a amaldiçoou. A figueira representa os fariseus que só viviam da aparência, da folhagem, mas não tinham frutos. Assim é hoje, se não tivermos frutos e vivermos só das aparências, seremos amaldiçoado por Jesus. Beijo, graça e paz.

Cassi disse...

Que lindo, Cida!
Realmente, reconhecer a nós mesmos e nos aceitarmos é um desafio, mas a boa notícia é que se não gostamos do que estamos vendo, podemos pedir poder de Deus para mudar o que for preciso, e com empenho e a força dos céus podemos crescer!
Glórias à Deus por isso, pois sua misericórdia e bondade são oferecidas a nós!
Beijos mil!

Débora disse...

Tema muito pertinente, amiga... Também abomino quem vive de aparência... demonstrar o que não se é, é sinal de fraqueza, hipocrisia... tudo o que devemos afastar de nossas vidas... um grande abraço

Luanda Melo dos Santos disse...

Nossa que texto forte, inspirador de mudanças, daquelas que nos aproximam do caráter de Cristo.

Posso pegar??? Para postar no meu blog?
Amanhã?

Vou estar sempre por aqui...espero sua visitinha também. Abraços

T.S.S. disse...

Cida, esse texto é magnífico, posso copiar para meu blog ?

Mamãe do Matheus disse...

EXCELENTE post Cida!
Que o Senhor possa falar com cada um de nós,e que se estivermos em condições de figueira que ele possa nos curar e nos restaurar!
Um grande beijo,
Danny e Matheus
www.mamysdematheus.blogspot.com

Gisele Vargas disse...

Oi Cida querida!Saudaaades!
Que palavra abençoada do Pr.Alejandro Bullón, gostava de ouví-lo na rádio Novo tempo.Jesus limpa os ramos pra que dêem mais frutos, mas precisamos estar na videira pra isso acontecer e nos submeter à "poda".
Beijos amiga

Kellyane Feitosa Link disse...

Realmente esse texto é muito bom e nos leva a reflexao. Como seria bom se nao usassemos mascaras. Vou postar lá no meu blog, e coloco os créditos. Ok!?

Pra.Thaís Itaborahy disse...

É verdade amiga. Muitos que se dizem filhos de Deus são mais amigos do mundo do que da palavra e esquecem que a amizade com o mundo os trona inimigos de Deus.

Sendo assim, jamais frutificaram. Para vc frutificar vc tem que estar exertado na videira ( Jesus) e lá permanecer.

Bjim no coracao. Fica na paz

Pra. Thaís Itaborahy

www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Pâmela Gularte disse...

Oi Cida!
Obrigada por ter visitado meu blog, fico feliz que tenha gostado.
Amei esse post.
Lembrei de um verso bíblico:"Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade,
mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei." Gálatas 5:22
São essas as qualidades que temos que pedir que Deus nos ajude desenvolver.
Abraço!

Menina dos Olhos de Deus disse...

Cida, muito bom o post! Vim agradecer o imenso carinho que tens por mim e pelos conselhos também!
Que Papai do Céu abençoe vc cada dia mais!
Um grande bjo
Rafa

Nair Morbeck Sobrinha disse...

Nossa que texto real e que nos chama a reflexão..nunca tinha pensado nessa interpretação:"Ser estéril e aparentar que tinha frutos é o que provocou o desagrado de Jesus. "
Tremendo isso..

Sejamos nós mesmos em nossa essência!

Shalom no vínculo daquele que nos chama para amar!

Mimi Alves! disse...

Muito obrigada,amada,pela força!
realmente é uma fase bem difícil e eu tô muito triste,mas como vc disse,Deus vai me ajudar!
muito obrigada!
beijos!
paz!

Tifany Fonseca disse...

Adorei!!!

Sílvia Renata disse...

oi cida
incrivel como suas mensagens tocam profundamente em mim... é como se me vc ja me conhecesse ou que estivesse aqui fazendo parte do meu cotidiano... so ha uma explicação pra isso...DEUS...
Estou passando por uma situação dessa, nao de eu querer me mostrar mas alguem mto proximo usando meu reflexo pra se sobressair...
Um abraço...

Si disse...

Florzinha.... como o mundo seria belo se as pessoas mostrassem realmente quem são.... mostrassem o que trazem em seus coracoes... e aceitassem e amassem todos do jeitinho que Deus criou.... que Deus nos abencoe a ser sempre transparentes e cheias de amor.... bjss

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

MÁSCARAS! MÁSCARAS! máscaras.....
QUE CAIAM TODAS PELO CHÃO!!!
Precisam ver JESUS em NÓS....E NÃO nós em JESUS.
Lindo post amiga.
Fica com DEUS...SEMPRE.

Luanda Melo dos Santos disse...

Amém, o casamento foi lindo sim, tudo preparado conforme os sonhos de Deus para minha vida, nunca imaginei que iría ser tão abençoada.

Então, muito obrigada por ter deixado, lá na igreja onde congrego estamos tendo um curso chamado cura interior, e nos trata muito, achei seu texto forte e ao mesmo tempo delicado, mas corajoso. Os seguidores de Cristo precisam ser corajosos e ser tratados para terem a mente de Cristo.

Abraços irmã...volte sempre..estarei por aqui sempre tmbm.

Beijos

Wendel Bernardes disse...

Tenho refletido nisso faz um bom tempinho querida Cida,
tenho até mudado alguns hábitos que me traziam um 'ar mais santo', sabia?

Hoje quero ser quem sou... com erros, alguns acertos, mas sem máscaras pois assim, sem nada atrapalhando, posso ser mais facilemnte 'tocável' pelo meu Senhor!

Por concidência ou não, trarei a mensagem do culto esse domingo e esse será o tema da palavra (viver sem máscaras)!

Abraços Cida!

Huandra Siqueira disse...

Sem palavras para esse texto! Maravilhoso, edificante! Tudo o que precisava ouvir.
POsso compartilhá-lo com outras pessoas no meu blog?!

Bjos, Cida!
http://huandra.blogspot.com/

CARLOS HERRERA disse...

Que texto hein !
É uma verdade das inverdades que muitas vezes vivemos!
É como aquele que cria uma mentirinha, e ele crê tanto na sua inverdade que se torna uma verdade!

valeu pelo post Cida querida!
abraos

selma aparecida disse...

Selma disse:
Oi Cida!P/ quem deseja "retirá-las todas"(refe -
rente as máscaras),esse texto mais a música da R.Pinho me fizeram muito bem.Pra nos reconhecer-
mos de verdade,somente qdo no espelho,colocarmos
a imagem de Jesus em 1ºplano,caso contrário nossa busca é mesmo em vão.Um grande abraço!

Cida Kuntze disse...

A todos que deixaram um comentário, gostaria de agradecer e deixar um abraço. Vocês são sempre muito bem-vindos!!!

Selma querida, eu gostaria do teu e-mail, pois queria te fazer um convite.
Se puderes deixe o e-mail num comentário, eu copio e deleto depois.
Beijinhos.

selma aparecida disse...

Cida,bom sábado!
P/ quem deseja "retirá-las todas"(as máscaras,me
refiro),esse texto e a música de R.Pinho me to-
caram bastante.Nos reconhecermos de verdade,so-
mente qdo no espelho,colocarmos 1º a imagem de
Cristo.Caso contrário,nossa tentativa sempre se-
rá em vão.Abraço,Selma.

Clécia Ferreira disse...

Olá querida, andei um pouco ausente! mas, cá estou de volta!
Hoje, dia 01/02/11, enquanto caminhava rumo ao meu trabalho me peguei a pensar exatamente sobre o que você escreveu. Quantas pessoas se obrigam a viver de aparências sem realmente serem o que são! É impressionante! E nós temos que a cada momento nos fiscalizar pra que isso não aconteça com a gente! Fica com Deus Cidinha! Abração!

Lilian Amorim disse...

Oi Cida!
Esse texto falou muito comigo. Me deu um chacoalhão quanto ao fato de estar infrutífera.
Espiritualmente me sinto seca e sei que preciso mais de Deus em minha vida, mas ao mesmo tempo me sinto sem forças para buscá-lo. Sei que para mudar esta situação, só depende de mim. Quero muito estar com meu coração voltado para as coisas Dele e sei que ELE irá me ajudar.

Bjs querida e obrigada por compartilhar palavras de bênçãos