domingo, 14 de agosto de 2011

Ser Pai...

Ser pai
é acima de tudo, não esperar recompensas.
Mas ficar feliz caso e quando cheguem.
É saber fazer o necessário por cima e por dentro da incompreensão.
É aprender a tolerância com os demais e exercitar a dura intolerância
(mas compreensão) com os próprios erros.

Ser pai
é aprender errando, a hora de falar e de calar.
É contentar-se em ser reserva, coadjuvante,
deixado para depois. Mas jamais falhar no momento preciso.
É ter a coragem de ir adiante, tanto para a vida quanto para a morte.
É viver as fraquezas que depois corrigirá no filho, fazendo-se forte em
nome dele e de tudo o que terá de viver para compreender e enfrentar.

Ser pai
é aprender a ser contestado mesmo quando no auge da lucidez. É esperar.
É saber que experiência só adianta para quem a tem, e só se tem vivendo.
Portanto, é agüentar a dor de ver os filhos passarem
pelos sofrimentos necessários,
buscando protegê-los sem que percebam,
para que consigam descobrir os próprios caminhos.

Ser pai
é saber e calar. Fazer e guardar. Dizer e não insistir.
Falar e dizer. Dosar e controlar-se. Dirigir sem demonstrar.
É ver dor, sofrimento, vício, queda e tocaia, jamais transferindo aos filhos o que,
a alma, lhe corrói. Ser pai é ser bom sem ser fraco. É jamais transferir aos filhos
a quota de sua imperfeição, o seu lado fraco, desvalido e órfão.

Ser pai
é aprender a ser ultrapassado, mesmo lutando para se renovar.
É compreender sem demonstrar, e esperar o tempo de colher,
ainda que não seja em vida.
Ser pai é aprender a sufocar a necessidade de afago e compreensão.
Mas ir às lágrimas quando chegam.

Ser pai
é saber ir-se apagando à medida em que mais nítido
se faz na personalidade do filho,
sempre como influência, jamais como imposição.
É saber ser herói na infância, exemplo na juventude
e amizade na idade adulta do filho.
É saber brincar e zangar-se. É formar sem modelar, ajudar sem cobrar,
ensinar sem o demonstrar, sofrer sem contagiar, amar sem receber.

Ser pai
é saber receber raiva, incompreensão, antagonismo, atraso mental, inveja,
projeção de sentimentos negativos, ódios passageiros, revolta, desilusão
e a tudo responder com capacidade de prosseguir sem ofender;
de insistir sem mediação, certeza, porto, balanço, arrimo, ponte,
mão que abre a gaiola, amor que não prende, fundamento, enigma, pacificação.
.
Ser pai
é atingir o máximo de angústia no máximo de silêncio.
O máximo de convivência no máximo de solidão.
É, enfim, colher a vitória exatamente quando percebe que o filho
a quem ajudou a crescer já, dele, não necessita para viver.
É quem se anula na obra que realizou e sorri, sereno,
por tudo haver feito para deixar de ser importante.

Autor: Desconheço.

Desejo a todos os PAPAIS que passam por aqui, assim como ao meu esposo, sogro, irmãos, cunhados e amigos que são pais, um feliz dia ao lado das suas famílias.
Que o Senhor lhes dê muita sabedoria nessa missão de ser um bom exemplo pros seus filhos.

Meu paizinho querido já dorme em Cristo, mas meu coração sempre o lembra com amor e saudades.

Abraços!

12 comentários:

Lúcia Soares disse...

olá cida paz.
linda reflexão,agradeço a Deus por ele ser um maravilhoso pai, pela vida do meu pai e parabéns a todos os pais. bjsssss

Adriana (Teens Gospels) disse...

Desejo Felicidades a TODOS os PAPAIS :)
Que Deus os abençoe!!
Bjs ;*

Irismar Oliveira disse...

OI Cida ser pai é uma coisa que muitos ano sabem da importância que tem na vida dos filhos, mais aqueles que mesmo com suas falhas procura desenvolver deixar uma grande herança para os seus filhos a conquista do seu coração.

Um pai presente é como a luz que guia o peregrino durante sua longa jornada, ajuda a escolher o melhor caminho, oferece o conforte e calor para que a jornada seja de sucesso e próspera." (Luis Alves)

UM belo dia

Jessica Penalva disse...

emocionante!

Diogo disse...

Mostrei essa reflexão ao meu pai e ele gostou muito, e pediu pra te dizer que você está sendo usada por Deus.
Feliz dia dos pais

Wendel Bernardes disse...

Oi Cida, lindo texto! Que Deus abençoe-nos e nos dê Sua misericórdia pra que sejamos um pouco Sua imagem como pais!

Suely - HD disse...

Cida,

Linda postagem.
Um dia muito especial p/ todos os pais.

Ah! Eu fiquei uma semana aí bem pertinho de vc. Em Abril eu tb estava por ai.

Acho q meu destino é SC....
hehehe

vamos ver o que Deus está preparando pela fé.

beijos
Su

Genis disse...

Oi Cidinha,
Meu papai também descansa no Senhor... sinto uma saudade dele!
Linda msg aos pais.
Papais Marcos agradece,
Beijos, Genis ♥

Pr. Edilson Ramos disse...

Oi Cida, ótimo texto!
Deus continue usando a sua vida sempre!
Pr. Edilson

Celina disse...

Oi, Cida,
estou vendo hoje o post.
Prestei atenção da frase "Ser pai é aprender a ser contestado mesmo no auge da lucidez". Concordo que isso é difícil, e é inevitável a contestação. Que os pais se preparem e tenham paciência mesmo com os filhos adolescentes! Beijos.
Celina

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

Ser pai
é atingir o máximo de angústia no máximo de silêncio.
O máximo de convivência no máximo de solidão.
É, enfim, colher a vitória exatamente quando percebe que o filho
a quem ajudou a crescer já, dele, não necessita para viver.
É quem se anula na obra que realizou e sorri, sereno,
por tudo haver feito para deixar de ser importante.


Muito lindo este post....
Beijos amiga e fica com DEUS.

selma disse...

Olá Cida,esse texto também serve pra dizer muito sobre as mães,também.O meu já faleceu,mas sempre
fica a saudade!Bjs.