quarta-feira, 6 de abril de 2011

Distância...

"Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros: como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis." João 13:34

O que separa corações não é a distância, é a indiferença.
Há pessoas juntas estando separadas por milhares de quilômetros e outras separadas vivendo lado-a-lado.
Muitas vezes nos importamos com o que acontece no mundo, nos sensibilizamos e pensamos até em fazer alguma coisa, mas nos esquecemos do que se passa ao nosso lado, na nossa casa, na nossa família e mesmo na vizinhança.
Colocamos, sem querer, barreiras entre os corações que nos cercam.
A indiferença mata lentamente, anula qualquer sentimento; e assim criamos distâncias quando estamos tão próximos.
As pessoas se habituam tanto àquelas que convivem com elas que elas passam a não notá-las mais, a não dar mais importância.
Mas, se quisermos transformar o mundo, comecemos por transformar a nós mesmos.
Se quisermos entrar em combates para melhorar algo para o futuro, que esse combate comece dentro da nossa própria casa.
Precisamos olhar os que estão ao nosso lado sempre com olhos novos.
Comunicar mais, destruir mais barreiras e construir mais pontes.
Precisamos nos dar de coração a coração.
A melhor maneira de acabar com a indiferença
de uma pessoa em relação a nós é amá-la.
O amor transforma tudo.
Não permita que pessoas ao seu lado morram de solidão!
Não permita que elas sintam-se melhor fora de casa que dentro dela!
Dê atenção, dê do seu próprio tempo!
Comunique-se!
Assista menos televisão e converse mais.
Riam juntos.
Há quanto tempo você não diz para a pessoa que vive ao seu lado que gosta dela?
A gente não recupera tempo perdido.
Mas podemos decidir não perder mais.
Vamos amar os corações que nos cercam e tentar alcançar novamente aqueles que se distanciaram.
Há sempre tempo para se amar.
E se não houvesse, o próprio amor seria capaz de inventar.
Se voce quer abraçar o mundo comece abraçando a si mesmo.

Texto de: Franci Mello
.
Procurando uns arquivos no meu computador encontrei esse texto. Não lembro de onde eu o copiei, mas desejei compartilhar com vocês, pois ele nos faz refletir profundamente.
.
JESUS é AMOR. Ele nos ama e nos ensinou a amar.
Que as barreiras, que as distâncias e indiferenças caiam por terra das nossas vidas e que possamos amar como Ele nos ensinou, como Ele nos amou...como Ele nos ama!
 
Abraços a todos e que Deus nos abençoe! 

14 comentários:

Blog da Súla. disse...

Amei a mensagem, achei ela muito verdadeira na vida da maioria das pessoas.
Realmente precisamos reavivar nossos conceitos e ressuscitar nosso primeiro amor, e amar sempre, sem medida.

Tarciana Soares disse...

Ciiidaaa minha amiga mais preciosa de todas... Que linda essa postagem!!!

Tem uma frase que diz o seguinte: "A indiferença dá desculpas, mas o amor encontra um meio" Li no livro a revolução do amor, da Joyce Meyer e fiquei impactada com essa frase.

Penso que o amor sempre é o melhor caminho, o amor constrói pontes, derruba muralhas...
Precisamos amar como Cristo nos amou!!!

E porque Cristo me amou, hoje eu te amo minha amiga...
Você é muitíssimo especial pra mim =D

Beijos...

Débora disse...

Adorei esse texto, amiga...
Mais uma vez, muito obg por compartilhar... e ele reflete muitas verdades... E posso dizer que isso acontece comigo... às vezes me sinto muito mais próxima de pessoas que estão longe de mim do que outras que estão bem mais perto... que Deus nos ajude e nos ilumine para que possamos abrir nossos corações e conseguirmos encurtar todas as distâncias.... Um grande abraço e um lindo dia pra vc !

Daniella Bender disse...

Linda e verdadeira mensagem.Abraço

Nathália disse...

Lindo texto cida!! Nos faz refletir se estamos amando o suficiente para dar testemunho do amor de Cristo!!

bjks

Sandy disse...

Ao ler este texto me senti melhor , estava um pouco triste com a situação que estou vivendo no momento , mas tenho fé em Deus que tudo será resolvido .. Obrigado pela linda mensagem de otimismo. Bjss

Chris Amag disse...

Bom dia, cida!

Fiquei muito feliz quando li o seu comentário lá no meu último "post", fique à vontade quando quiser levar esse poema...

Quanto ao seu texto aqui...
Estou aprendendo a amar até quem não nos quer bem, é difícil, começamos primeiro a não ter "ódio" essa palavra tão forte, depois aceitamos e, no fim, conseguimos olhar com olhos de amor, nos colocando no lugar do outro e a pensar como Jesus agiria se estivesse no nosso lugar.

Um grande beijo!
E obrigada pelo carinho

Chris

Maristela disse...

Querida amiga,

Estou em falta com você. Mas estou com minha mãe com problemas de saúde e trabalhando fica difícil manter a vida da gente organizada.

Ore por mim amiga, pois preciso tomar uma decisão, se cuido de minha mãe em tempo integral ou se continuo trabalhando.

É uma decisão muito difícil e eu não sei o que fazer e este texto só veio me deixar com o coração mais apertado ainda.

Que Deus te abençõe querida amiga!

disse...

Pois é, estamos dando mais atenção a TV a internet e esquecemos de dar atenção aos que vivem embaixo do mesmo teto, aos nossos vizinhos que as vezes até precisam de uma palavra de amor e conforto e passamos desapercebidos porque nos isolamos em um mundo que não é nosso e damos mais importância a eles do os que estão bem mais próximos de nós. Lindo o artigo Cida. Bjs minha linda!

Lucinalva disse...

Olá Cida
Linda mensagem, amei a frase: "Precisamos olhar os que estão ao nosso lado sempre com olhos novos.
Comunicar mais, destruir mais barreiras e construir mais pontes.
Precisamos nos dar de coração a coração." Sempre quando chego do trabalho, procuro conversar com os meus filhos e com o meu esposo sobre os acontecimentos do dia e isso é muito bom, ontem foi o dia que dei muitas gargalhadas conversando com Vanessa sobre o meu trabalho, pois aconteceram várias coisas engraçadas... o diálogo precisa substituir a televisão e o computador, o tempo perdido não volta mais. Fica com Deus

Filipe Oliveira disse...

Benção esse texto Cida, me lembrei daquele " Cercas ou pontes " que uma vez eu postei lá no meu blog, você se lembra?

Achei interessante esse trecho:
" A gente não recupera tempo perdido.
Mas podemos decidir não perder mais. "

Deus te abençõe!

Suely - HD disse...

Olá Cida,
Paz amada!!!

Amarmos quem nos trata bem é uma tarefa fácil. Mas amar quem nos humilha e quem nos maltrata é muito difícil. Mas precisamos amar,aceitar e falar do amor de Jesus p/ todos, mesmo aqueles q nos humilham.

Lucas 6:27,28 diz:
Digo-vos, porém, a vós outros que me ouvis: amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam;bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos caluniam.

beijos
Suely

Lúcia Soares disse...

olá cida,muito maravilhosa a mensagem,devemos amar sempre todas as pessoas. bjs

joao marcelo alves disse...

muito bom este texto!!!!!!
deus abençoe sempre.